Como Fazer Compostagem em Casa

Compostagem

[Imagem]

O que é Compostagem?

A Compostagem nada mais é do que a reciclagem de resíduos orgânicos. É uma forma natural de recuperar os nutrientes e reintroduzi-los ao ciclo natural. A partir da decomposição dos materiais, obtemos o húmus ou matéria orgânica, que depois de misturado com a terra, servirá de adubo e fornecerá os nutrientes necessários para as plantas se desenvolverem.

Qual a vantagem de se ter uma composteira?

Dá-se um destino adequado para mais da metade da produção de lixo doméstico, ao mesmo tempo em que se melhora a qualidade do solo do seu jardim, gera a redução de herbicidas e pesticidas devido a presença de fungicidas naturais e micro-organismos que nos prestam este favor.

E agora? Por onde eu começo?

  • Separe os resíduos orgânicos dos materiais secos e recicláveis, assim evitando a contaminação de ambos.

“É aconselhável você ter em casa sempre 2 lixeiras diferentes. Uma para os materiais secos e recicláveis e outra para os resíduos orgânicos.”

  • Você pode fazer compostagem em casa, usando um balde grande, um tonel ou diretamente na terra, como na imagem abaixo.

Cuidados que se deve ter!

  • É fundamental que sua composteira fique em local arejado e não fique totalmente tapada. Também é importante que remexa diariamente os materiais, para arejar e não produzir mau cheiro.
  • Se você observar que o material orgânico está muito úmido, pode acrescentar serragem (não tratada – sem verniz), folhas secas, papel sem tinta e jornal picados. Uma boa solução é separar um espaço em que os resíduos frescos possam secar antes de serem usados, gerando uma boa economia, pois se não houver serragem, os resíduos secos são excelentes substitutos.
  • Deve evitar alimentos com muito sal e com conservantes. Nestes casos, acrescente-os juntamente com bastante material seco.
  • Outra dica é a borra de café. Ela é uma grande aliada, pois inibe o aparecimento das formigas e é um excelente complemento nutricional para as minhocas. Vale adicionar o filtro de papel também à sua composteira.
  • Evite colocar carnes, gorduras e laticínios, pois sua decomposição é muito lenta e atraem animais indesejáveis. Em contraponto, quando lavar os recipientes em que fez uso do leite ou carne, a água que usou para limpar os mesmos pode ser utilizada na composteira por ser muito rica em proteínas.
  • O tempo de compostagem varia de algumas semanas a meses dependendo do tipo de matéria orgânica utilizada. Quanto menor for o tamanho do material utilizado, mais rápido é o processo de decomposição. Você ainda pode triturar alguns alimentos, cortar, picar folhas e restos de frutas ou legumes.

Quando você remexe e monitora diariamente, ou faz o uso de minhocas, pode diminuir em até 50% o tempo de compostagem.

  • A compostagem ainda produz um líquido de cor escura, é o chorume. Ao contrário do que é gerado nos lixões, o da compostagem não é contaminante, tem alta concentração de nutrientes e pode ser diluído em água para molhar as plantas. A cada 1 litro de chorume, acrescente 5 litros de água.

Ao final do processo de compostagem já não será possível identificar os materiais. Agora, toda a matéria orgânica decomposta terá cheiro de terra, de cor marrom escura ou preta. Constituindo um excelente adubo para qualquer cultivo, até melhor que os adubos químicos uma vez que não agride o meio ambiente e é orgânico.

Por Caroline Sofiatti – Tecnóloga em Gestão Ambiental

seta_left seta_right

Quer mais conteudo sobre sustentabilidade
participe_deixando_comentarios

Comentários

  1. Bruna Malta disse:

    Excelente post. : )

  2. Kelvin Ramos disse:

    Muito Bommm ótimo conteúdo :D