Borboletas: Tudo o que você sempre quis saber

Linda Borboleta Azul - Borboletas

Lindas e fascinantes, as borboletas sempre despertaram nosso encanto com suas cores e belezas variadas. Estima-se que existam entre 15.000 e 28.000 espécies pelo mundo, embora muitas entrem em extinção antes mesmo de serem catalogadas.

A vida de uma borboleta passa por quatro estágios, começando no ovo, geralmente preso à parte de baixo de uma folha, que eclode na forma larval da borboleta, a lagarta.

O trabalho da lagarta é consumir alimento suficiente para se sustentar durante sua transformação em adulta. Essa transformação ocorre no estágio pupal, quando o inseto ainda está dentro da crisálida/casulo. Após a metamorfose, finalmente uma borboleta completamente desenvolvida emerge.

Enquanto a borboleta em estágio larval é feita para se alimentar, a adulta tem como principal função o acasalamento. Algumas borboletas adultas não se alimentam, vivendo unicamente da energia que conseguiram acumular quando lagartas, outras se alimentam do néctar das flores e algumas espécies tem hábitos de alimentação muito distintos.

Com expectativa de vida curta, normalmente entre 2 e 6 semanas, logo que emergem do casulo, seu único propósito é encontrar um parceiro para acasalar e dar continuidade ao ciclo.

Ovos de Borboleta

Uma borboleta fêmea pode colocar entre 100 e 500 ovos, distribuídos individualmente ou em grupos, porém na natureza, de cada 100 ovos, apenas 2% irá chegar à fase adulta.

Os ovos variam muito em tamanho, cor e formato, de acordo com a espécie.

Borboletas e Mariposas: Diferenças

Borboletas Mariposas
desenho borboleta desenho mariposa
Voo e Hábitos
Diurnos Noturnos
Antenas
Antenas mais longas e de aparência lisa. São clavadas, semelhantes a tacos de golpe ou com uma bola nas pontas Antenas curtas, grossas e de aparência peluda. Ficam estendidas horizontalmente em relação ao corpo
Posição das asas em repouso
Fechadas verticalmente em relação ao corpo Ficam estendidas horizontalmente em relação ao corpo
Aparência das Asas
Cores brilhantes e variadas Cores predominantemente escuras, embora haja exceções
Corpo
Fino com poucas cerdas (escamas parecidas com pelos) Gordo coberto de cerdas (peludo)

Anatomia Básica

Anatomia de uma borboleta

O Ciclo de Vida da Borboleta

Ciclo de vida das borboletas imagem

Maior e Menor Borboleta do Mundo

A maior

A maior borboleta do mundo é a Rainha Alexandra (Ornithoptera alexandrae), encontrada nas florestas da Papua-Nova Guiné. A espécie foi nomeada por Walter Rothschild em 1907, em honra da Rainha Alexandra, esposa do rei Eduardo VII do Reino Unido.

As fêmeas têm corpo e asas marrons, atingindo de 28 a 31 cm de envergadura, enquanto os machos são menores, entre 17 e 19 cm e com asas e corpo predominantemente verdes.

Assim como muitas outras espécies, encontra-se ameaçada de extinção pela perda de seu habitat.

A menor

A Pigmeu Ocidental Azul (Western Pygmy blue/Brephidium exilis) é a menor borboleta de que se tem conhecimento, sendo encontrada em diversas regiões do Havaí e Emirados Árabes.

Com envergadura máxima de apenas 1,27 cm (12.7 mm), normalmente passa despercebida a olhos desatentos.

Curiosidades

■ Borboletas adultas normalmente possuem 6 pernas e 4 asas. Em algumas espécies, o primeiro par de pernas tem tamanho reduzido.

■ Uma borboleta recém saída do casulo/crisálida gasta algum tempo inflando e secando suas asas. Durante este período se tornam extremamente vulneráveis à predadores. Algumas gastam mais de 3 horas neste processo, enquanto a maioria entorno de 1 hora.

■ Fósseis antigos de borboletas datam do meio do Eoceno, entre 40 e 50 milhões de anos atrás.

■ Uma borboleta pode pesar entre 0,3 e 3 gramas.

■ Algumas espécies, como a Rainha Alexandra podem chegar a 31 cm de asa a asa.

■ Borboletas adultas possuem um órgão especial, a espirotrompa que permite sugar o néctar das flores. Quando não está em uso, este órgão costuma permanecer enrolado.

■ A expectativa de vida de uma borboleta adulta varia entre 2 e 6 semanas, porém as da espécie Monarca podem chegar a incríveis 9 meses.

■ Os pesticidas são uma grande ameaça às borboletas, já que elas são extremamente sensíveis.

■ O nome científico da ordem das borboletas, Lepidóptera, significa “asas de escamas”.

■ Nem toda a jornada das borboletas envolve movimentos curtos de flor em flor. Mais de 200 espécies migram por longas distâncias.

■ Os machos e as fêmeas de algumas espécies de borboletas diferem muito na aparência, fenômeno conhecido como dimorfismo.

■ O maior predador das borboletas é o ser humano.

Incríveis Borboletas – Vídeo

Metamorfose das Borboletas Monarca – Vídeo

O que acontece dentro da Crisálida – Vídeo

Fontes [1][2][3][4][5][6][7]

Por HypeVerde