Como Separar Seu Lixo para Coleta Seletiva

lixeiras coloridas para coleta seletiva
Fazer a separação correta do lixo é uma ação simples, mas que faz toda a diferença na preservação do nosso planeta.

Muitas pessoas ainda não adotaram esta prática por terem dúvidas corriqueiras no momento de definir o destino do que vão descartar.

Devo lavar as embalagens com restos de alimento? E as embalagens mistas que utilizam dois materiais como plástico e metal? Se o papel molhou ele ainda pode ser reciclado?

As dúvidas comprometem a coleta seletiva e acabam desmotivando quem quer começar a levar uma vida mais sustentável. Então confira as dicas abaixo e não existirá mais empecilho para que você também comece a fazer sua parte!

Vantagem Evidente

  • Aumenta o tempo de vida útil dos aterros sanitários, reduzindo a quantidade de resíduos recicláveis depositados neles.
  • Diminui a retirada de matéria-prima da natureza e o consumo de energia na produção.
  • Reduz a poluição.
  • Gera renda para catadores e cooperativas de reciclagem que dependem da venda desses resíduos para sobreviver.

Coleta Seletiva – Cada Resíduo na sua cor!

Para incentivar a reciclagem e separação adequada do lixo, o CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) oficializou em 2001 um sistema de cores para os diferentes tipos de resíduo. Confira:

  Lixeira Verde | Vidro

Lixeira Verde - Vidro

certo Garrafas;
certo Potes;
certo Frascos de Produtos Alimentícios;
certo Fragmentos de qualquer um dos itens acima;

errado Cristais;
errado Espelhos;
errado Lâmpadas;
errado Cerâmicas, Porcelana, Pírex;
errado Fragmentos de qualquer dos itens acima;

  Lixeira Vermelha | Plástico

Lixeira Vermelha - Plásticos

certo Garrafas plásticas;
certo Tampas;
certo Embalagens de Higiene e Limpeza;
certo Garrafas PET;
certo Discos de CD, DVD e BluRay;
certo Tubos vazios de creme dental;
certo Utensílios plásticos em geral: Canetas, escova de dentes, etc;

errado Fraldas descartáveis;
errado Adesivos;
errado Embalagens com lâminas metalizadas: bombons, biscoitos, balas e similares;

  Lixeira Azul | Papel

Lixeira Azul - Papel

certo Envelopes;
certo Cartões;
certo Cartolinas;
certo Cadernos;
certo Papéis impressos em geral;
certo Jornais e Revistas;

errado Papel Higiênico;
errado Fotos e Papel Fotográfico;
errado Etiquetas e Fitas Adesivas;
errado Guardanapos e Lenços sujos;
errado Papel Vegetal, Celofane e Carbono;
errado Revestidos com Cera, Parafina ou Silicone;
errado Extratos Bancários;
errado Papel engordurado ou contaminado com substâncias prejudiciais à saúde;

  Lixeira Amarela | Metais

Lixeira Amarela - Metais

certo Latas;
certo Papel alumínio limpo;
certo Talheres de Aço;
certo Embalagens limpas de marmita de alumínio;
certo Panelas;
certo Fios;
certo Geladeiras;
certo Pregos, Parafusos, Rebites e similares;

errado Esponjas de Aço;
errado Grampos;
errado Clipes de Papel;
errado Latas de Tinta;
errado Embalagem de Aerossóis;

  Lixeira Marrom | Material Orgânico

Lixeira Marrom - Material Orgânico

certo Restos de alimentos;
certo Cascas de Frutas;
certo Outros materiais orgânicos;

  Lixeira Preta | Madeira

Lixeira Preta - Madeira

certo Restos de Madeira, mesmo que pintadas, envernizadas ou tratadas;
certo Pallets;
certo Caixotes de Madeira;
certo Restos de tronco e galhos de árvores;

  Lixeira Cinza | Material Não Reciclável

lixeira Cinza - Material Não Reciclável

certo Papel Higiênico;
certo Fraldas Descartáveis;
certo Papel Carbono;
certo Embalagens de plástico metalizadas;
certo Cerâmicas;
certo Espelhos;
certo Esponjas de Aço;
certo Latas de tinta;
certo Caixas de leite (é reciclável, mas o custo torna inviável);
certo Embalagens de aerossóis;

  Lixeira Laranja | Resíduos Perigosos

Lixeira Laranja - Resíduos Perigosos

certo Pilhas;
certo Baterias;

  Lixeira Branca | Resíduo Hospitalar

Lixeira Branca - Resíduo Ambulatorial

certo Resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde;

  Lixeira Roxa – Resíduo Radioativo

Lixeira Roxa - Resíduo Radioativo

certo Resíduos Radioativos em geral (mantenha distância);

E agora, por onde começar?

  • Em casa você pode simplificar com 3 lixeiras: Reciclável, Não Reciclável e Resíduo Orgânico.
  • Se na sua cidade não há coleta seletiva, combine com um catador para passar em um dia da semana e recolher os seus recicláveis.
  • Na hora das compras, prefira embalagens de só um tipo de material. Porém se não houver opção, ao descartar tente desmontá-las separando as partes recicláveis e deposite-as nos coletores apropriados. Se não for possível separá-las coloque na lixeira dos não recicláveis.
  • Embalagens de Vidro e metal são 100% recicláveis e podem ser transformadas em matéria prima de igual qualidade, por isso dê preferência a elas!
  • Não desperdice água potável lavando embalagens com restos de produtos como iogurtes, latas de conserva, refrigerantes entre outras. Elas serão limpas durante o processo de reciclagem.
  • Se você quiser lavar as embalagens com restos de alimento para não atrair insetos, pode aproveitar a água que cai na pia enquanto você lava sua louça, a água que você deixa nas panelas e vasilhas em molho ou também o que é descartado pela sua máquina de lavar roupas.
  • As cores ajudam, mas na falta de lixeiras coloridas, você pode identificá-las por etiquetas com o tipo de material: Papel, Metal, Orgânico, etc.
  • Resíduos orgânicos podem ser compostados e virar adubo para suas plantas.
  • Para resíduos como óleo de cozinha, pilhas, baterias ou remédios vencidos, NUNCA deposite no lixo comum. Você pode encontrar o local de destinação mais próximo de onde você mora em nossa lista Onde Descartar Meus Resíduos?
Referências [1]
Por HypeVerde

seta_left seta_right

Quer mais conteudo sobre sustentabilidade
participe_deixando_comentarios