Dica para conservar vegetais por meses

congelar vegetais

 

Conservar vegetais por mais do que alguns dias, em bom estado, pode parecer um desafio. Estima-se que cerca de 60% de todo lixo produzido nas residências seja orgânico, boa parte fruto do desperdício.

Lembra aquela couve-flor linda que você trouxe da feira mas não está conseguindo terminar? Pois é, o destino dela provavelmente será o lixo orgânico (ou a compostagem domestica, se você for uma pessoa mais ecológica). Mas então, o que fazer para reduzir esse desperdício?

Pela lógica, comprar menos ou trazer da feira somente o que será consumido em seguida. Na prática sabemos que pode ser mais complicado que isso.

Se visitar a feira com frequência não é uma opção e desperdiçar não é desejável, o que podemos fazer?

Congelar é uma ideia.

Porém, a durabilidade real do que for congelado vai depender muito das técnicas empregadas durante o processo e do rigor com o qual as executamos. Em princípio é simples, quanto maior o grau de esterilização adotado, maior a durabilidade do alimento. Claro que, garantir as condições ideais de armazenamento também é indispensável.

Outra coisa a considerarmos é que, independente do processo que adotamos, a vida útil de um alimento é limitada, e nossa ideia aqui é estender a durabilidade sem adicionar nenhum químico.

Neste momento vamos explicar os preparativos, congelamento e a melhor maneira de usá-los depois.

 

Branqueamento

O branqueamento ou escaldação é um processo de conservação que consiste na imersão do alimento em água fervente, ocorrendo o cozimento por um curto período de tempo, e em seguida esfriando-o imediatamente em outro recipiente com água fria.

A maioria dos vegetais precisa de um pré-cozimento antes de congelarmos. O tempo necessário varia normalmente de 1 a 4 minutos e não precisa ficar “al dente“. Lembre-se que é só um tratamento prévio e você irá terminar de cozinhá-lo somente quando for consumir.

Esse choque térmico, causado no branqueamento, reduz a quantidade de possíveis contaminantes, além de inativar algumas enzimas responsáveis pelo processo de decomposição natural, permitindo a conservação das características originais do alimento, como a cor, sabor, nutrientes e texturas por mais tempo.

 

Evite as contaminações

Lavar bem as mãozinhas, os recipientes que serão usados, fazer aquela remoção das partes ruins do alimento e evitar deixá-los expostos ao ambiente mais do que o necessário, especialmente após o branqueamento. Cada coisa contribui um pouco quando falamos em conservação e durabilidade.

 

O poder do limão

O limão é uma fruta versátil, disso todos sabem, e um bom uso do seu suco é ajudando a conservar nossos alimentos.

poder conservador do limao

Você vai notar que para alguns itens da lista, recomendamos a adição do suco de limão (natural, é claro) durante a escaldação. Suas propriedades esterilizantes vão ajudar a estender a vida útil dos nossos congelados. Não é algo indispensável, mas recomendado.

 

Use o truque da moeda

Tão importante quanto congelar, é garantir que permaneça assim até o uso. Uma dica simples que funciona perfeitamente para o nosso caso é o truque da moeda na xícara.

É bem simples, coloque água em uma xícara, deixe a água congelar e depois coloque uma moeda no topo. Mantenha a xícara no congelador junto com os alimentos.

truque da moeda na xicara

O truque aqui é verificar periodicamente se a moeda continua parada acima do gelo.

Se por acaso ela descer ou já estiver no fundo da xícara, significa que seu congelador pode ter passado algumas horas desligado, talvez devido a uma falta de luz, temperatura alta no ambiente, frio insuficiente ou até mesmo algum problema de funcionamento do aparelho.

Na situação de ter acontecido o descongelamento prematuro, perceba que a expectativa de vida útil desses alimentos que congelamos já não será mais a mesma. O aconselhável é evitar ao máximo descongelar o que não será usado.

Considerando os pontos que citamos até aqui, preparamos esta pequena tabela para auxiliar. Bom proveito!

 

Tabela de referência para congelamento de vegetais

*Estimativa

O quê? Por onde começo? Como descongelar Dura quanto?*
Abóbora Madura Descascar, cortar em pedaços e congelar crua Em temperatura ambiente ou direto para cozimento 10 meses
Abobrinha Lavar, deixar secar, não descascar, cortar em rodelas, escaldar por 1 minuto Direto para cozimento 10 meses
Acelga e Almeirão Lavar, secar, picar e escaldar por 2 minutos Direto do freezer para o fogão ou em temperatura ambiente 6 meses
Aipim (Mandioca) Lavar bem, descascar, cortar em pedaços, embalar ainda cru ou cozinhar.

Após cozido, resfriar por 3 minutos

Se armazenado cru, sai direto do freezer para o cozimento 8 meses
Alho Inteiro ou picado, besuntado com óleo Em temperatura ambiente ou direto no preparo de outros pratos 6 meses
Alcachofra Lavar e cozinhar por 7 minutos com suco de limão na água.

Resfriar por 3 minutos

Em temperatura ambiente 8 meses
Aspargos Lavar, limpar e escaldar por 2 minutos (talos finos) ou 4 minutos (talos grossos) Em temperatura ambiente ou direto para cozinhar 8 meses
Batata Batatas cozidas escurecem e ficam sem gosto quando congeladas

Pode-se congelar a batata em forma de purê, bolinhos, refogados, sopas, pré-fritas ou fritas como chips ou palha

Direto para fritar, no forno ou em temperatura ambiente Purê: 3 meses

Semi-fritas e fritas: 3 a 6 meses

Batata-doce Cozinhar 3 minutos, descascar. Em temperatura ambiente 3 meses
Cará Cozinhar 3 minutos, descascar. Em temperatura ambiente 3 meses
Inhame Cozinhar 3 minutos, descascar. Em temperatura ambiente 3 meses
Berinjela Descasque, corte em fatias ou cubos, deixe de molho com água e sal por 10 minutos.

Escalde por 3 minutos em água com limão

Em temperatura ambiente ou direto para cozinhar 10 meses
Beterraba Cozida, pronta para servir, inteira ou em fatias Em temperatura ambiente 6 meses
Brócolis Deixar de molho com água, sal, suco de limão

Escaldar por 3 ou 4 minutos, dependendo da espessura dos talos.

Direto para terminar de cozinhar 10 meses
Broto de feijão Lavar, escaldar por 2 minutos Não descongelar.

Direto para refogar.

6 meses
Cebola Descascada. Picada ou em rodelas.

Escaldar por 2 minutos.

Também pode ser congelada crua.

Embalar em pequenas porções.

Sai direto do freezer para o fogão 10 meses
Cebolinha (cheiro verde) Lavar. Picar bem.

Embalar em pequenas porções ou em formas de gelo com água.

Outro processo é secar completamente, colocar em saco plástico e congelar.

Depois de dura, amassar bem para quebrar e embalar a vácuo.

Não descongelar.

Direto para refogar.

12 meses
Cenoura Raspe.

Escalde por 3 a 5 minutos, conforme o tamanho e grossura.

Sai direto do freezer para o fogão, até terminar o cozimento. 10 meses
Chuchu Descascar, cortar e escaldar por 1 a 2 minutos.
Não descongelar.
Direto para refogar. 8 meses
Cogumelo (Champignon) Escolher os bem frescos, cortar os maiores em fatias.

Deixar 15 minutos de molho em água com limão. Fritar na manteiga.

Embalar com caldo.

Pode-se também fervê-los em água com um pouco de limão por 2 minutos.

Em temperatura ambiente. 3 meses
Couve-manteiga Cortar em tiras finas.

Escaldar por 2 minutos ou congelar crua.

Não descongelar.
Direto para refogar.
Cru: 1 mês

Escaldado: 6 meses

Couve-flor Separar os buquês.

Deixar de molho em água e sal por 15 minutos. Lavar.

Escaldar em água com limão por 3 minutos.

Direto do freezer para o fogão até ficar no ponto. 6 meses
Ervilhas Crua, debulhada, sem lavar.

Se preferir, escaldar por 1 minuto.

Direto do freezer para o fogão até ficar no ponto. 12 meses
Espinafre Retire as folhas, lave e escalde por 2 minutos. Não descongelar.

Direto do freezer para o fogão.

10 meses
Milho-verde Grãos: cozidos totalmente ou escaldados por 3 minutos.

Congelar com ou sem casca.

Espigas: escaldar por 5 minutos.

Não descongelar.

Direto para refogar na água quente.

8 a 12 meses
Palmito Escaldar por 3 a 4 minutos na água com limão. Cozinhar ainda congelado até ficar no ponto. 8 meses
Pimentão Cortar, tirar as sementes e congelar cru. Sai direto do freezer para o fogão 12 meses
Quiabo Novo e macio, lave e remova os talos.

Não corte nem quebre.

Escalde por 2 minutos inteiros.

Em temperatura ambiente. 8 meses
Rabanete Retire as folhas.

Lave, descasque e corte em dois.

Escalde por 1 minuto.

Em temperatura ambiente. 3 meses
Repolho (branco ou roxo) Remover as folhas externas.

Lavar e cortar em tiras finas.

Escaldar por 2 minutos ou congelar cru.

Não descongelar.

Direto para refogar.

Cru: 1 mês.

Escaldado: 10 meses

Salsa Lavar, secar bem, picar. Não descongelar.

Direto para refogar.

12 meses
Tomate Como suco, purê ou molho. Não descongelar.

Direto para refogar.

12 meses
Vagem Cortar as extremidades.

Retirar os fios, Inteiras ou cortadas.

Escaldar por 2 ou 3 minutos.

Não descongelar.

Direto para refogar.

10 meses

 

Gostou da dica? Deixe no comentário suas sugestões.

Até a próxima!
 

Fontes [1][2][3][4]

Por Equipe HypeVerde